SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue19Effects of social media on the political, efficacy, social capital and political participation of university students in México and ColombiaSocial representations in the process of integration ofthe field to the city Colquencha-La Paz² author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

    Related links

    • Have no cited articlesCited by SciELO
    • Have no similar articlesSimilars in SciELO

    Bookmark

    Revista de Investigacion Psicologica

    Print version ISSN 2223-3032

    Abstract

    J. ACOSTA, Yorelis. Sufrimiento psicosocial del siglo XXI: Venezuela y la Revolución. Revista de Psicologia [online]. 2018, n.19, pp. 111-134. ISSN 2223-3032.

    Resumo O artigo analisa as consequências de se viver em um país com uma crise multidimensional com graves consequências psicossociais, (sofrimento social, predomínio de emoções negativas e seus correlatos na vida física, psicológica e social, aumento da incerteza e angústia). Geralmente, a perda de bem-estar e qualidade de vida atinge a todos os venezuelanos, mas, no caso desse estudo analisamos o setor universitário. Para a confecção deste estudo, entrevistamos 22 (vinte e dois) professores e professoras ativos e aposentados de universidades públicas e privadas que nos deram seu testemunho sobre como foram afetados pela crise e qual tem sido suas estratégias de resistência. Destacamos que dentre os 22 entrevistados, 7 (sete) estão vivendo fora da Venezuela. O objetivo é focar as análises no setor Universitário e assim tornar visível o esforço e o sofrimento desses heróis que apesar da crise que castiga duramente as Universidades, e os que são contra a postura política do governo, das condições de trabalho, das condições financeiras pessoais e do comprometimento com a saúde física e emocional continuam dando o melhor de si. O trabalho está dividido em três partes; a primeiratraz a revisão dos artigos dos principais Acadêmicos do país que tentam definir o período de crise em suas dimensões econômica, política e social; a segunda parte apresenta as percepções de várias investigações realizadas sobre o clima emocional e o resultado das crises nos venezuelanos e a terceira parte anali-sa psicossocialmente a relação entre crise e professor universitário e a última parte traz as conclusões. O trabalho propõe uma perspectiva de análise comprometida com as teorias da Psicologia Política.

    Keywords : Psicologia política; sofrimento psicossocial; crise; faculdades; Venezuela.

            · abstract in english | spanish     · text in spanish     · pdf in spanish